O que o Google sabe sobre mim?

O que o google sabe sobre mim?

Já viu uma cena de filme, daquelas onde a pessoa anda, entra em uma loja e outra, pega um táxi (ou um uber) e tem sempre um detetive olhando todos os passos dela?

E se você soubesse que essa é uma realidade mais próxima do que parece?

Na internet, tudo pode ser monitorado. O Google, que é o maior mecanismo de buscas, sabe muito sobre você e consegue acompanhar os seus passos na internet.

“Como assim? O que o Google sabe sobre mim?”
Calma, não entre em desespero. Saber essas informações é importante para a internet e para o consumidor de um modo geral. 

Prossiga com a leitura para entender melhor o que tudo isso quer dizer!

Como acontece?

Considerado o ‘gigante das buscas’, ele é o olho-que-tudo-vê.

“E para que serve?”
Os dados recolhidos pelo Google servem para oferecer publicidade mais assertiva e anúncios com mais relevância, o que facilita que os anunciantes encontrem o público-alvo desejado.

Mas é fundamental saber que é possível que o usuário saiba quais são os dados coletados, e se não se sentir confortável, interrompa a opção do uso de dados para anúncios.

“Mas então, o que o Google sabe sobre mim?”

Os dados salvos pelo Google são muito mais úteis para o usuário do que parece, uma vez que é possível que o buscador ofereça mais serviços e vantagens.

A ferramenta onde é possível descobrir tudo que o Google sabe, é chamada de My Activity (minha atividade), onde o usuário tem acesso às pesquisas e informações e pode escolher o período que deseja receber os dados.

Gerenciando informações

Ao clicar neste link, a janela aberta mostra uma série de opções relacionadas ao histórico do usuário na internet, como as pesquisas feitas – além de pesquisas no YouTube -, os lugares que esteve e outras informações dos dispositivos, o que você vai acompanhar detalhadamente agora:

Histórico no YouTube

Para recomendar vídeos novos do interesse do usuário, o Google guarda as informações sobre as pesquisas feitas no site.

Pesquisas realizadas

O Google registra as pesquisas a partir das buscas realizadas em sites, para saber quais são os conteúdos que têm maior relevância para cada utilizador e, assim, a publicidade é mais exata.

Localização

Serviços como o Google Now permite que a empresa tenha acesso a localização do usuário. Mas vale ressaltar que para isso é necessário aceitar o termo que permite o acesso.

O histórico de localização também destaca as viagens feitas e as fotos tiradas em determinados locais.

Informações complementares

A iniciativa de deixar os dados livres para saber quais são as informações que o Google coleta aumenta o poder de decisão, uma vez que é possível, caso o usuário não queria, que os dados não sejam usados para anúncios, por exemplo.

Além do Google, já existem outros sites, como é o caso do Facebook, que fazem atividades similares. Mas diferente dessas outras plataformas, o Google permite aceitar ou não que os dados sejam usados.

É importante citar que o utilizador também pode decidir quais temas serão exibidos nos anúncios através do link disponível pela ferramenta.  

O que fazer com as informações que o Google sabe sobre mim? É possível usar os dados a favor da minha empresa, por exemplo? Para responder aos questionamentos, entre em contato com um de nossos especialistas e descubra como a BSB Connect trabalha e pode ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

©2016 BSB Connect. Todos os direitos reservados.

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?